Artigos

Julho mês dos Avós

Publicado em julho 6, 2020 | , , , , , , , | Deixe um comentário

Estamos no mês de comemoração da imensa importância que nossos Avós têm nas nossas vidas, principalmente para aqueles que tiveram a oportunidade de conviver com eles. Sempre mantando a calma, paciência e cheios de conselhos, tornando o ambiente agradável e harmonioso. Vivemos um novo cenário, com a expectativa de vida cada dia mais alta, possibilitando uma interação com nossos avós ainda mais longa. Mas para que essas conquistas tornem-se realidade é necessário que cuidemos deles com mais carinho, dedicação, respeito.

O fato de uma pessoa se tornar um avô(á), não necessariamente implica viver dependendo de outras pessoas para viver com autonomia e independência, pelo contrário, com o avanço da área da saúde, inúmeros benefícios foram alcançados, como por exemplo: maior longevidade, mais informações, mais espaços especializados no atendimento dos Vovôs, mais profissionais também especializados nos cuidados com eles, enfim, uma gama de benefícios, mas para usufruir é preciso que os próprios tenham interesse em participar e que tomem todas as medidas de prevenção, dentre elas a prática regular dos exercícios corporais, que também devem ser prescritos por profissionais de educação física experientes.

Os exercícios corporais fazem parte da área da saúde e recentemente foram inseridos no rol das profissões consideradas essenciais, nada mais justo. Sendo bem orientados, os mesmos são capazes de prevenir uma série de patologias: diabetes tipo II, obesidade, hipertensão arterial, sarcopenia e dinapenia, perda de mobilidade, perda de equilíbrio, além de estimular os mais diversos setores do corpo humano, inclusive estudos mostram que a prática regular dos exercícios corporais podem evitar o glaucoma em virtude da redistribuição do fluxo sanguíneo chagando com mais abundância na região do cérebro, um verdadeiro milagre.

Portanto, estimule seus avós a manterem um estilo de vida ativo, seja nas horas de lazer ou, melhor ainda, nos momentos em que eles possam participar de um programa de exercícios corporais bem orientados. Todos poderão participar, cada um no seu ritmo, mas será mais uma oportunidade de convivência em família, talvez um dos ensinamentos desse período de isolamento social que poderemos levar conosco pra vida.

Bons treinos.

VIVA A VOVÓ E O VOVÔ.

Prof. Jeferson Porto