Artigos

Por que ENGORDAMOS?

Publicado em fevereiro 6, 2018 | Sem categoria | Deixe um comentário

O excesso de peso e a obesidade já se tornaram uma Epidemia. Em virtude de alguns fatores que já sabemos, mas infelizmente não tomamos providências concretas para mudá-los. Como: sedentarismo, hábitos alimentares mais saudáveis, laser mais ativo, menos horas no computador, no sofá e mais horas em movimento.

Mas precisamos olhar mais além, pois outros fatores contribuem para a instalação dessa patologia e não nos demos conta disso, ainda.

Esses aspectos estão ligados a nossa Educação e Cultura. Partindo do que estamos fazendo na nossa própria casa, condomínio, bairro, cidade, estado e por fim o cenário que aí está (Brasil).

Para mudarmos esse cenário, a premissa básica é que cada um de nós comece, imediatamente, fazer sua própria mudança, provavelmente obedecendo ao mesmo caminho acima elencado, casa, condomínio…

Essa carência de ações está nos tornando pessoas ESTRESSADAS, em todos os ambientes onde convivemos, ou seja, em casa, no condomínio, no bairro, no trânsito, no trabalho, em sociedade, no estado e no Brasil.

Culminando com esse desequilíbrio no qual estamos imersos, muitas vezes sem nos darmos conta disso.

Do ambiente pernicioso que estamos criando ao redor.

Tudo isso gera STRESS, que por sua vez aumenta a produção de hormônios, muito deles prejudiciais à nossa saúde, principalmente quando produzidos em grandes quantidades e frequentemente. Um deles chama-se Cortisol.

Este quadro de desequilíbrio e a formação de um ambiente rico em citocinas pro-inflamatórias é frequentemente relacionado à etiologia de algumas patologias cerebrais, como a depressão e o Mal de Alzheimer.

Entre as alterações envolvendo a obesidade com Síndrome Metabólica (SM), autores relataram que a enzima responsável pela conversão de cortisol em cortisona a nível tecidual, seria mais ativa em nível de tecido adiposo visceral. Os pesquisadores sugeriram ocorrer uma maior sensibilidade ao cortisol que consecutivamente levaria a SM tais como hipertensão arterial, dislipidemia e diabetes mellitus tipo 2, excesso de peso e obesidade.

Ou seja, o STRESS dificulta o processo de EMAGRECIMENTO, podendo contribuir sobremaneira para a instalação da Obesidade e todos os efeitos deletérios desse processo.

Portanto, exercite-se com moderação, procure laser mais ativo, saia da frente do computador, celular, televisão, redes sociais. Procure dormir o suficiente para recompor seu organismo da melhor forma possível. Seja educado no trânsito, no condomínio, no trabalho. Dessa forma iremos começar a construir um ambiente muito mais SAUDÁVEL ao nosso redor, contagiando a todos.

Nesse contexto, o exercício físico bem orientado, planejado, estruturado para atender suas necessidades é crucial para o desenvolvimento dessa “Nova Ordem Mundial”, com mais sensibilidade e SAÚDE.

Mas para isso é necessário que o exercício físico praticado tenha equilíbrio, pois se o mesmo ultrapassar essa linha tênue entre Benéfico x Maléfico deixará de ser um “Remédio” e passará a ser a “DROGA”, pois o que os diferencia é tão somente a DOSAGEM.

Bons treinos.
Prof. Jeferson Porto – Personal Trainer.